CONDUTA DE CIRURGIÕES-DENTISTAS NO ATENDIMENTO À PACIENTE GESTANTE

Letícia PRADO, Lívia Maria Soares NUNES, Rhuann Lopes FIGUEIREDO, Roberta Bessa Veloso SILVA, Cláudio Daniel Cerdeira, Gérsika Bitencourt Santos

Resumo


O atendimento odontológico a pacientes gestantes necessita de cuidados especiais; sendo assim, o cirurgião-dentista (CD) deverá estar capacitado para realizar procedimentos de maneira segura, visando à proteção da gestante e feto/embrião. Desse modo, o uso de ferramentas diagnósticas e terapêuticas (como radiografias e as administrações de fármacos) durante a gestação devem ser criteriosas, restritas e limitadas. O presente estudo avaliou o conhecimento de CDs quanto ao protocolo clínico de atendimento aplicado as gestantes. Para tanto, realizou-se uma pesquisa, através de questionários individuais, onde os CDs foram avaliados sobre seus conhecimentos perante várias situações durante procedimentos executados na paciente gestante. Os questionários abordavam procedimentos como realização de radiografias, tratamentos de urgência, tratamento endodôntico e medicações indicadas para cada caso, além de fornecerem dados dos profissionais (como tempo de atuação e suas especializações). Em geral, observou-se que a maioria dos entrevistados ainda apresentam dúvidas sobre o atendimento e protocolo ideal a ser seguido no atendimento odontológico à gestante e, que o CD deve ser criterioso na indicação das intervenções odontológicas na gravidez, desde procedimentos mais simples até os mais complexos (tratamentos de urgência).

 


Palavras-chave


Gestantes; Atendimento odontológico; Farmacoterapêutica; Raio-X

Referências


Bastos RDS, Silva BS, Cardoso JA, de Farias JE, Falcão GGVCP. Desmistificando O Atendimento Odontológico À Gestante: Revisão De Literatura. Revista Bahiana de Odontologia. 2014; 5(2): 104-116.

Tarsitano BF, Rollings RE. The pregnant dental patient evaluation and management. Gen Dent. 1993; 41: 226 – 34.

Narvai PC. Saúde bucal de gestantes: prevalência de apicopatias e outros problemas dentais do município de Cotia/SP. RGO (Porto Alegre). 1984; 32(3): 243-9.

Livingston HM, Dellinger TM, Holder R. Considerations in management of the pregnant patient. Spec. Care Dentist. 1998; 18(5): 183- 188.

Poletto VC, et al. Atendimento odontológico em gestantes: uma revisão de literatura. Rev. Stomatos. 2008; 14(26): 64-75.

Scavuzzi AIF, Nogueira PM, Laporte ME, Castro Alves A. Avaliação dos conhecimentos e práticas em saúde bucal de gestantes atendidas no setor público e privado, em Feira de Santana, Bahia, Brasil. Pesqui Bras Odontopediatria Clín Integr. 1999; 8(1): 39-45.

Camargo MC, Sakashita MS, Ferlin CR, et al. Atendimento e Protocolo Indicados na Odontologia à Gestante: Revisão da Literatura. Revista Odontológica de Araçatuba. 2014; 35(2): 55-60.

Capucho SN, Marino ASS, Cortes LR, et al. Principais dúvidas dos cirurgiões-dentistas em relação à paciente gestante. Rev. Biociênc. 2003; 9(3): 61-5.

Martins LO, Pinheiro RPS, Arantes DC, do Nascimento LS, dos Santos Júnior PB. Assistência odontológica à gestante: percepção do cirurgião-dentista. Rev Pan-Amaz Saude. 2013; 4(4): 11-18.

Cechinel DB, Boff WM, Ceretta RA, et al. Sistematização de um Protocolo de Atendimento Clínico Odontológico a Gestantes em um Município Sul Catarinense. Rev. Odontol. Univ. Cid. São Paulo. 2016; 28(1): 6-16.

Batellino LJ, Bennun FR. Nível de información y conducta farmacoterapéutica de los odontólogos, 1990. Rev Saúde Pública. 1993; 27(4): 291-9.

Kulay Junior L, Lapa A. J. Drogas na Gravidez; manual de orientação FEBRASGO. São Paulo: Ponto, 2003.

Yagiela JA. Anestésicos locais. In: Yagiela JA, Neidle EA, Dowd FJ. Farmacologia e terapêutica para dentistas. 4ª ed. Guanabara Koogan: Rio de Janeiro; 2000.

Rodrigues F, Mármora B, Carrion SJ, et al. Anestesia local em gestantes na odontologia contemporânea. Journal Health NPEPS. 2017; 2(1): 254-271.

Navarro PSL, Dezan CC, Melo FJ, et al. Prescrição de medicamentos e anestesia local para gestantes: conduta de cirurgiões-dentistas de Londrina, PR, Brasil. Rev. Fac. Odontol. Porto Alegre. 2008; 49(2): 22-27.

Pontanegra RSM, Camboim CCL, Freire JCP, et al. Análise do conhecimento de Graduandos em Odontologia sobre o uso de anestésico local em pacientes com necessidades especiais. FOL - Faculdade de Odontologia de Lins/Unimep. 2017; 27(1): 5-14.

Da Silva JJ, Cerdeira CD, Chavasco JM, et al. In vitro Screening Antibacterial Activity of Bidens pilosa linné and Annona crassiflora Mart. against Oxacillin Resistant Staphylococcus aureus (ORSA) from the Aerial Environment at the Dental Clinic. Revista Do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo. 2014; 56(4): 333–340. doi: 10.1590/S0036-46652014000400011


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.