Crime organizado

Cleriston Lopes de Carvalho

Resumo


O  objetivo  dessa  pesquisa  científica  é  o  de  abordar  o  fenômeno  do “crime organizado”,  exaurindo  ao máximo  suas  facetas. Como  surgiram  as organizações criminosas, desenvolveram-se e se estruturaram até atingir a  forma complexa hoje conhecida? De que modo e quem  financia o crime organizado? Quais as causas e consequências da atuação do crime organizado no cenário macrossocial brasileiro? A violência é fator preponderante utilizado na persecução dos objetivos do criminoso organizado? Como  a  legislação  vigente  e  as autoridades  públicas  têm  enfrentado esses  criminosos?  Há  uma  alternativa mais  eficaz  de  se  combater  o  crime organizado que não dependa da intervenção pública? São questionamentos cernes de  nossa  missão  em  busca  do conhecimento,  ocasião  em  que  buscar-se-á respondê-los sob a égide da razão cientifica.

Palavras-chave


Crime organizado. Organizações criminosas.

Referências


ALMEIDA, Leandro Lopes de; GONÇALEZ, Alline Gonçalves et al. Crime

organizado. Jus Navigandi, Teresina, ano 9, n. 392, ago. 2004 . Disponível em:

. Acesso em: 19 nov. 2012.

BRASIL. Decreto-Lei n. 2.848, de 7 de dezembro de 1940. Institui o Código Penal. Diário Oficial da União: República Federativa do Brasil: Poder Executivo, Rio de

Janeiro, 31 dez. 1940. Disponível em:. Acesso em: 16 nov. 2012.

______. Lei n. 7.170, de 14 de dezembro de 1983. Define os crimes contra a segurança nacional, a ordem política e social, estabelece seu processo e julgamento e dá outras providências. Diário Oficial da União: República Federativa do Brasil: Poder Legislativo, Brasília, DF, 15 dez. 1986. Disponível em:. Acesso em: 19 nov. 2012.

______. Lei n. 7.492, de 16 de junho de 1986. Define os crimes contra o sistema financeiro nacional, e dá outras providências. Diário Oficial da União: República Federativa do Brasil: Poder Legislativo, Brasília, DF, 18 de jun. 1986. Disponível

em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L7492.htm>. Acesso em: 19 nov. 2012.

______. Lei n. 9.034, de 3 de maio de 1995. Dispõe sobre a utilização de meios operacionais para a prevenção e repressão de ações praticadas por organizações criminosas. Diário Oficial da União: República Federativa do Brasil: Poder Legislativo, Brasília, DF, 4 maio 1995. Disponível em:

ccivil_03/Leis/L9034.htm>. Acesso em: 19 nov. 2012. 28

BRASIL. Lei n. 11.343, de 23 de agosto de 2006. Institui o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas - Sisnad; prescreve medidas para prevenção do uso indevido, atenção e reinserção social de usuários e dependentes de drogas; estabelece normas para repressão à produção não autorizada e ao tráfico ilícito de drogas; define crimes e dá outras providências. Diário Oficial da União: República Federativa do Brasil: Poder Legislativo, Brasília, DF, 24 de ago. 2006. Disponível

em:. Acesso em: 19 nov. 2012.

______. Lei n. 12.683, de 09 de julho de 2012. Altera a Lei no 9.613, de 3 de março de 1998, para tornar mais eficiente a persecução penal dos crimes de lavagem de dinheiro. Diário Oficial da União: República Federativa do Brasil: Poder Legislativo, Brasília, DF, 10 set. 2012. Disponível em:< http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/

Ato2011-2014/2012/Lei/L12683.htm>. Acesso em: 19 nov. 2012.

LEÃO, Maria do Carmo. Os crimes do colarinho branco. Jus Navigandi, Teresina, ano 3, n. 27, 23 dez. 1998 . Disponível em: . Acesso em: 17 nov. 2012.

OLIVIERE, Antonio Carlos. Crime organizado: no Brasil, fenômeno se originou na década de 70. In: UOL EDUCAÇÃO. 2006. Especial para a Página 3 Pedagogia & Comunicação. Disponível em:

. Acesso em: 16 nov. 2012.

PRIBERAM. Dicionário da Língua Portuguesa. Disponível

em:. Acesso em: 16 nov. 2012.

RANGEL, Rodrigo. Captura de guerrilheiro revela base das Farc no Brasil. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 16 maio 2010. Disponível em:

. Acesso em: 16 nov. 2012.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.